O crescimento do esporte urbano

Esporte urbano tornando a vida mais saudável

 

O esporte urbano é um movimento que vem aumentando a cada ano. Pode-se observar nas ruas da cidade pessoas aderindo cada vez mais algum esporte na vida. Todo mundo sabe que praticar exercícios é fundamental e ter isso como um estilo de vida é o mais saudável. O que pouca gente conhece é como surgiu o esporte urbano.

Tudo começou nos final dos anos 80 e início dos anos 90, surgindo de forma simples e sem um objetivo maior, apenas como esporte. A prática de esportes sempre veio à tona dentro de um grupo pequeno de pessoas que realizavam certas experiências, às vezes radiais, em ambientes abertos, crescendo e trazendo para os adeptos competições e conhecimento.  

Normalmente quando se pensa em esporte urbano, a faixa etária que é mais atingida é dos 16 anos aos 30, onde o corpo humano ainda possui disposição, flexibilidade e animação para a realização deles. Entre eles, nós podemos destacar o Skate, o SlackLine, o parkour, o futebol, o ciclismo e até mesmo a patinação.

O Skate já não é tanta novidade assim, já que surgiu nos anos 80 e hoje em dia não é somente um esporte para adolescentes, se tornou algo sério, um esporte de qualidade, justamente pela ajuda de diversos skatistas. Esses esportistas começaram a fazer competições amadoras trazendo patrocínio para o esporte, direcionando as mídias, fazendo com que o skate conseguisse algum espaço dentro da sociedade, sem ser associados com a marginalidade. 

Hoje em dia pode-se ver essa movimentação e os resultados que se deu a partir dela, como por exemplo, as construções de pistas para a modalidade, principalmente em São Paulo, no caso da Praça Roosevelt ou o parque da juventude. É possível encontrar várias pistas também nos centros educacionais unificados (CEU) espalhados em diversos bairros da capital.

Também é possível encontrar patrocinadores para skatistas, conquista que vem aumentando a cada dia. Marcas de camisetas, marcas de tênis, grandes corporações e mídias locais, estão fortalecendo o movimento de forma abrangente e até mesmo independente.

O Parkour é um esporte urbano que ainda está em crescimento. Foi surgir no Brasil somente em 2004 e por ser um esporte que precisa de espaço e utiliza obstáculos urbanos, como muros, escadas e bancos, teve um início conturbado, pois as pessoas confundiam as atitudes com depredação pública ou invasão de propriedade. Hoje em dia vários coletivos e academias oferecem aulas para esse tipo de esporte e a sociedade já possui um conhecimento interessante sobre como funciona o mesmo.

Mais tarde, mais precisamente em 2010, surgiu o SlakLine. As praias do Rio de Janeiro foram as precursoras do movimento. Os paulistas começam essa movimentação no parque do Ibirapuera. Hoje podem encontrar vários adeptos em praças públicas em São Paulo e também em academias na cidade. Esse esporte engloba um processo de meditação, onde quem pratica precisa estar bem concentrado, a mente, o corpo e alma em um movimento só. É bem interessante.

180761511.jpg

Na vida cotidiana dos paulistas, nós encontramos o mais popular dos esportes urbanos, o ciclismo. Esse que além de ser um esporte, também é usado como meio de transporte. Talvez seja a modalidade que enfrenta mais dificuldade, justamente por estar disputando espaço com outros veículos nas ruas, colocando em risco a situação dos ciclistas. Em São Paulo, com o projeto de ciclovia que o ex-prefeito Haddad aprovou e realizou garantiu um espaço para os praticantes, diminuindo os casos de acidente em toda cidade.

Porém, muitos apenas praticam em espaços mais seguros, como em parques. Outros, aos fins de semana, quando a Av. Paulista no centro de SP é fechada para a movimentação da população e de esportistas de todos os gêneros. A vida na cidade pode ser bastante estressante e é aí que entra os esportes, para aqueles que querem aliviar a adrenalina do dia a dia, pode ser a melhor solução. Nada como ter novas experiências no dia a dia.

sistime-torneio-capital-ciclismo-unb.jpg